Celulite: inimiga das mulheres

Saiba quais cuidados adotar na sua rotina para combater a aparência de casca de laranja na pele causada pela celulite

 

A celulite está na lista das características femininas mais indesejadas pelas mulheres. O problema, que geralmente é causado por mais de uma razão, normalmente deixa a mesma marca: furinhos e textura de casca de laranja na pele.

Alterações hormonais, flacidez, gordura localizada, retenção líquida e má circulação são apenas alguns dos fatores que desencadeiam o problema. Por isso, na hora de combater os furinhos indesejados, fique atenta às dicas abaixo:

 

1 – Exercícios Físicos:

Não é à toa que a malhação é considerada uma arma potente na luta contra a celulite. O motivo é que a prática de esportes ajuda a queimar as reservas de gordura e ainda melhora o sistema circulatório, ambos diretamente ligados ao surgimento da celulite.

Por isso, mexer o corpo é um dos passos para exterminar a celulite e vale a pena investir na atividade aeróbica, como caminhar, pedalar ou dançar. Mas não deixe de lado a ginástica localizada e a musculação, pois conforme a musculatura aumenta, a celulite é atenuada.

2 – Intestino saudável:

A função do intestino é muito mais do que apenas livrar nosso corpo dos “lixos orgânicos”. É lá que acontece a separação do que deve entrar no nosso organismo (nutrientes) e aquilo que deve ser dispensado (restos alimentares e detritos) e o pleno funcionamento desse sistema tem tudo a ver com a celulite: um intestino sempre saudável é um dos passos para manter os furinhos longe de você. E para garantir a saúde do seu intestino, tome bastante água, inclua fibras no seu cardápio e, claro, não se esqueça dos exercícios físicos.

 

3 – Alimentação:

Bons hábitos à mesa são essenciais para quem quer um corpo mais bonito e saudável. Apostar em um cardápio repleto de legumes ricos em potássio, verduras que esbanjam magnésio, sementes com selênio, frutas diuréticas e mais uma lista variada é o caminho para o sucesso para evitar a celulite.

Esses alimentos compõem uma dieta antioxidante, que ajuda a eliminar toxinas e a rejuvenescer a pele. O ideal é incluir diariamente pelo menos dois desses ingredientes no prato. Mas lembre-se de não exagerar no sal, pois contém sódio, que retém água no organismo e incha as células.

A gordura acumulada nas células faz com que elas aumentem de tamanho e também impede seu funcionamento adequado – assim, esse excesso fica preso no tecido subcutâneo, causando uma inflamação.

Os principais alimentos anti-inflamatórios são aqueles ricos em flavonoides (as frutas vermelhas e as cítricas, como a uva, a maçã, o aipo e a salsa), em licopeno (tomate, goiaba e melancia), no gingerol do gengibre, em gorduras monoinsaturadas (azeite de oliva extra virgem e do abacate), em ômegas 3 e 6 (salmão, sardinha, sementes de linhaça e chia) e em selênio (castanha-do-pará).

 

4 – Hidratação:

Grande parte das toxinas é expulsa do nosso organismo por meio da urina e do suor. Por dia, eliminamos cerca de 1 litro e meio de urina e o equivalente a um copo de água na transpiração. Se não houver hidratação suficiente, esse processo e a sua saúde ficam comprometidos. Todo esse conjunto, aliado à melhora na circulação sanguínea, acaba prevenindo o aparecimento de celulite.

5 – Nutricosmético:

O nutricosmético de combate à celulite tem como missão suprir carências nutricionais e melhorar o aspecto da pele de dentro para fora. Como consequência da combinação de vitaminas e minerais em sua fórmula, os nutricosméticos ajudam a combater a celulite e a retenção de líquidos, estimulam a regeneração celular, melhoram a circulação e a elasticidade da pele, revitalizam a pele e combatem a flacidez, além de auxiliarem a reconstrução e reparação das paredes celulares.

 

 

Fonte:

https://boaforma.abril.com.br

https://boaforma.abril.com.br

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.